Festival Corpo - Encontro Internacional de Dança

Categoria
Eventos
Última data
domingo, 30 de abril de 2017

No dia 29 de abril, comemora-se o Dia Mundial da Dança por todo o mundo e, para registar a efeméride, a Companhia de Dança Contemporânea de Sintra e o Ai!aDança – Atelier de Produção de Espetáculos criaram um Festival que pretende reunir o maior número de pessoas ligadas à dança no nosso país. Nos dias 29 e 30 de abril, a Quinta da Ribafria (em Sintra) recebe a 6ª edição do Festival Corpo | Encontro Internacional de Dança, uma plataforma de Mostras de Dança, Workshops e Terapias para o corpo físico e energético, que se divide em três áreas:
 
1. Palco Internacional, onde atuam os Grupos Profissionais e Amadores de Dança Nacional e Internacional;
2. Centro de Exposições, subdividido em:
2.1. Área de Exposição, com Companhias de Dança, Criativos, Artesanato, Produtos e Marcas;
2.2. Área Esotérica, com tratamentos para Corpo e Alma, consultas de Tarot, Leitura da Aura, Massagens e Terapias;
3. Espaço Workshops, em que qualquer pessoa pode participar.
 
No fundo, pretende-se a envolvência do Grande Público no mundo das Artes e da Dança, de uma forma simples mas intensa, com experiências nutritivas tanto para o Corpo como para a Alma.
 
Na edição passada, o Festival contou com uma adesão que superou as expectativas: 2000 bailarinos em palco, 12 artistas e 8 terapeutas no Centro de Exposições e cerca de 5000 pessoas no público. Este ano, estimamos a afluência de milhares de pessoas por dia.
Acreditamos que eventos desta envergadura beneficiam a Dança enquanto expressão artística e, acima de tudo, a carreira dos profissionais das Artes do Espetáculo. Para além disso, sublinhamos a importância da intervenção dos Facilitadores dos Workshops e Expositores, que dão mostra das novas tendências, apresentam produtos artesanais e disponibilizam outros serviços mágicos para o Corpo e para a Alma. 
Por último, mas não menos importante consideramos que o FestivalCorpo traz para o Concelho de Sintra uma grande afluência de público, assim como tem feito dele um forte marco de alavanca para a cultura em geral e da dança em particular. Quer a nível nacional, quer já a nível internacional.