Contactos

Rua Domingos Saraiva, Nº 6
2725-286 Algueirão-Mem Martins

219 229 450/8

219 229 459

geral@jfamm.pt

2ª feira a 6ª feira
das 9:00 às 17:30

 

Decorreu nos dias 3, 4 e 5 de março, a Taça do Mundo de Ginástica Acrobática, na cidade da Maia.


Em representação da seleção portuguesa esteve o par misto composto por Carolina Dias, natural de Algueirão-Mem Martins, e João Martins. À semelhança do que tem acontecido nos últimos torneios, o par misto obteve uma excelente pontuação e conquistou a medalha de bronze, apenas ultrapassado pela delegação russa, que ocupou as duas primeiras posições.


No final João Martins e Carolina Dias mostraram-se satisfeitos pelo resultado obtido e prometeram continuar a trabalhar para conquistar mais títulos. “Estamos muito contentes com o nosso trabalho, a nossa prestação foi o que somos capazes de fazer. Em termos individuais não podíamos estar à espera de melhor. Treinámos imenso para esta primeira taça do mundo e graças a isso conseguimos um bronze. Se achamos que chega? Não. Iremos treinar ainda mais e mudar tudo o que for preciso e estiver ao nosso alcance para conseguirmos fazer mais e melhor na próxima taça do mundo que terá lugar na Bélgica”, sublinhou o par.


Depois da conquista da medalha de ouro em Bristol, esta é a segunda medalha num espaço de 15 dias, o que enche de orgulho a treinadora Ana Cardoso. “Que mais posso dizer, um grupo formado há cinco meses a debater-se com ginastas deste nível, só posso dizer que foram gigantes!”, afirma Ana Cardoso, treinadora do par misto no Ginásio Clube Português.


“Passámos em primeiro lugar nas qualificações, o que nos deu muita força e, confesso, que alguma expectativa para a final. Realizámos mais um exercício com muita dificuldade e sem qualquer falha, estou muito orgulhosa. Isto é só o começo, pois um grupo formado há tão pouco tempo, na sua primeira grande competição consegue obter notas a rondar 29 pontos. Só posso estar muito feliz, e já a pensar em algumas alterações para a próxima competição. Mas por agora, parabéns ao João e à Carolina”, finaliza.